Solenidade contou com a presença de professores, profissionais da instituição e do grupo instrumental Combo CPM, composto por músicos do equipamento

O Conservatório Pernambucano de Música (CPM) recebeu uma homenagem na tarde desta quarta-feira (17), na Câmara de Vereadores do Recife, através de uma reunião solene. A proposição foi indicada pelo vereador Tadeu Calheiros. O grupo instrumental Combo CPM, composto por músicos recém-formados da instituição, esteve presente e tocou os hinos nacional brasileiro e o da capital pernambucana, além de uma música de Luiz Gonzaga.

A solenidade homenageou ainda os professores e funcionários de vários setores do CPM com certificados como forma de reconhecimento de todos pelos serviços prestados.

No seu discurso, a gerente geral do Conservatório, Janete Florêncio, exaltou o reconhecimento feito ao CPM. “Precisamos conhecer o passado, viver o presente e sempre sonhar o futuro. Um futuro rico em música. Avante, Conservatório!”, exclamou.

“O CPM fez e faz parte da vida de muita gente, na medida em que atua como agente transformador para o desenvolvimento social graças à excelência na formação de músicos profissionais”, disse o autor da proposição.

Inaugurado no ano de 1930, o CPM foi idealizado pelos artistas Manoel Augusto, Vicente Fittipaldi e o maestro Ernani Braga, que administrou a instituição ao lado da Congregação dos Catedráticos. Atualmente, o Conservatório Pernambucano de Música possui cerca de 2 mil alunos e um corpo docente que é formado por 167 professores. 
A instituição oferece ainda cursos regulares (Iniciação Musical, Preparatório e Cursos Técnicos em Instrumento, Canto, Regência, Composição e Arranjo) e livres, além de uma ampla biblioteca especializada na área musical.